domingo, 6 de setembro de 2009

Uma simples idiota.




Estou me sentindo idiota agora. Existem coisas, momentos, pessoas que nos tornam idiota sem querer. Não digo que idiota seria a palavra correta, mas foi a primeira palavra que me veio a cabeça para me definir neste momento.

Sou idiota por querer tanto alguém e desejar tanto alguém que eu desconheço totalmente. Sim, é real. Existe. Não seria um personagem ou um príncipe encanto dos contos de fadas, é real. Tem defeitos, sonhos e desejos como eu. Mas ao mesmo tempo existe receios, medos, defeito...

Me sinto idiota por querer estar perto agora, por querer cuidar, abraçar, beijar... Dormir bem agarrado cheirando a nuca e encostando o pé no pé dele.

Me sinto mais idiota por não saber se estou no caminho certo, por desprezar outros meninos, por me importar demais, por querer demais e talvez não ser recíproco, talvez me apaixonar e vê que não valeu a pena, que vai me fazer chorar, sofrer, perder noites de sono, me fazer fumar 3 cigarros de uma só vez, me fazer escrever coisas idiotas, me fazer ouvir músicas... Me fazer ter tantas atitudes.

O medo faz parte de mim e me torna mais idiota do que eu sou. Idiota ter medo de perder alguém que você ainda não teve ao seu lado. Me sinto idiota pelo meu coração bater tão forte e acelerado de uma forma que não consigo me controla. Me sinto uma idiota completa por mais que eu saiba que ser idiota é meu normal. Eu sou uma mulher patética e isso não consigo mudar. Amo de verdade e sou a melhor verdade quando estou apaixonada. E isso, é idiota.

8 comentários:

Márcio Lima disse...

calma Joyce rsrs. Não dizem q paixão cega as pessoas? Então, isso acontece com qualquer um q se apaixona.

Viva esse sentimento mas tente colocar o minimo de razão neles se isso for possível.

se cuida
bjo

Chèri disse...

Olá

Adorei o seu blog!

Sabe,isso que vc edstá sentindo,quese todo mundo já sentiu!É normal!Mas,posso te garantir:Passa!

Grande beijo

Vou te acompanhar!

Moni disse...

ei joyce.. nada disso de ser idiota... a gente nao manda no coraçao.. com o tempo td se ajeita viu linda? bjks

A Madrasta Má disse...

Querida minha... não se perde o que não se tem... quem quer fica perto, bem pertinho e não há ansiedade e sim tranquilidade, pois nos sentimos acolhidos... pára de fumar e se sentir "idiota" (tbém acho que não seja essa palavra!) assim vai ficar velha, com a pele e cabelos ressecados kkkkkkkkkkkkk
Bjinhos da Madrasta!

clariinha.santana disse...

Isso não é idiota não.. Pelo contrário, é encantador!

Bonequinha de Luxo disse...

Oi,vizinha
Puxa,nunca a encontro no MSN....
So vou à Bienal no sábado,pois estou com problemas para caminhar(conto no texto).
Olha,vc não é nada idiota,vc é sensível e uma mulher que ama!!Sei como é isso!

Bjus

Itamara Azevedo. disse...

Isso não é ser idiota, é um sentimento que vem do nada. O que nos resta é esperar pra esquecer tudo, e ficam apenas as lembranças boas.
:*

Simone Aline disse...

Joyce, ainda não tinha lido essa sua definição de "idiota"!!!!
Amei! Sou meio "idiota" também, estou passando por alguns momentos meios "sei lá"... Entende? rsrsrs
Me sentindo meio (as vezes completamente!!!) idiota!!!
Bjks